Alfândega aplica novo sistema de controlo da entrada de mercadorias nas fronteiras terrestres

A alfândega procedeu à implementação nas zonas fronteiriças de um novo sistema de inspeção de produtos importados para fazer face à pandemia provocada pela covid-19. (Foto: STL/Claudios de Jesus)

DÍLI, STLNEWS.co – A alfândega procedeu à implementação nas zonas fronteiriças de um novo sistema de inspeção de produtos importados para fazer face à pandemia provocada pela covid-19.

O Diretor-Geral da Autoridade Aduaneira (AA), José António Fátima Abílio, falava sobre a implementação do sistema de controlo na zona fronteiriça entre a Indonésia e Timor-Leste, aquando do debate parlamentar sobre a Proposta de Lei do Orçamento Geral de Estado (OGE) para 2021, que decorreu na sessão plenária do Parlamento Nacional (PN), na passada sexta-feira (06/11/2020).

O diretor recordou ainda que, durante o período da pandemia da covid-19, a Alfândega timorense tem envidado esforços para prevenir uma possível transmissão do vírus, através da implementação de um sistema rígido. Explicou que este sistema vai permitir que, quando a mercadoria chegar à fronteira, seja colocada numa linha amarela – linha que separa os dois países – para que seja alvo de pulverização por uma equipa do Ministério da Saúde, antes de ser inspecionada.

O responsável esclareceu igualmente que, após a conclusão desta primeira fase, será verificada toda a documentação relacionada com a mercadoria, antes mesmo do respetivo pagamento.

“Em relação aos condutores do nosso país vizinho, a estes não lhes é permitido entrar na nossa área, antecipando, assim, a prevenção da propagação da covid-19. Ao chegarem à linha amarela, são imediatamente substituídos por condutores timorenses”, avançou.

Reportagem: Claudios de Jesus

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here