Académico: Cesta Básica beneficia apenas governantes

Camilo Ximenes Almeida, académico da Universidade Nacional Timor Lorosa’e (UNTL), disse que só os governantes são beneficiados pelo programa Cesta Básica e que o povo não recebe qualquer benefício. (Foto: STL/Blandina Mauno)

DÍLI, STLNEWS.co – Camilo Ximenes Almeida, académico da Universidade Nacional Timor Lorosa’e (UNTL), disse que só os governantes são beneficiados pelo programa Cesta Básica e que o povo não recebe qualquer benefício.

“Os diretores recebem 60 dólares por dia, o chefe de departamento 40. Considero que o programa Cesta Básica beneficia os membros do Governo”, disse Camilo ao STL no seu local de trabalho na semana passada, no Campus da UNTL, em Caicoli, Díli.

O académico acusa os governantes de manipularem o programa e dá o exemplo do Secretário de Estado do Ambiente, que não deu qualquer explicação sobre o orçamento.

“Na realidade, a Cesta Básica não tem benefícios para o povo. Os membros do Governo é que são beneficiados, gastando o orçamento do Estado aprovado no Parlamento Nacional.

Dizem que o orçamento é do povo e que cada pessoa tem direito a 25 dólares, mas este valor devia ser dado às pessoas para que elas próprias adquirissem os produtos”, afirmou.

Camilo Ximenes defende que não são os funcionários públicos a distribuir os bens alimentares pela população, mas os gabinetes dos ministérios.

Também o Reitor da Universidade de Díli (UNDIL), José Agostinho Belo, considera que o Governo não devia entregar a Cesta Básica, mas sim o dinheiro para as próprias pessoas comprarem os produtos.

Reportagem: Blandina Mauno

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here